quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Para a K.

Porque era impossível não me lembrar dela depois disto.

2 comentários: